CÂMARA DE PINHEIRO APROVA MOÇÃO DE REPÚDIO E DESCONTENTAMENTO, AO DEPUTADO VITOR MENDES, POR VOTAR CONTRA OS INTERESSES DA POPULAÇÃO.

O que esperar de um representante que atropela os direitos do povo ao tempo em que vota contra a vontade dos que lhes conferiram o mandato?

Essa indagação não seria estranha se vivêssemos em um país sob o regime de ditadura, mas aqui é o Brasil! Apesar de tudo o que estamos passando, o que o povo menos quer é ver seus representantes votarem de forma a compor um processo a revelia da vontade popular e rasgando verticalmente direitos adquiridos ao longo de anos de muita luta, sangue e mortes. O povo Pinheirense assistiu inerte à atitude do deputado federal Victor Mendes (PSD) votando um projeto que revoga vários direitos trabalhistas garantidos na CLT – Consolidação das Leis Trabalhistas.

A imperdoável afronta foi tentada exaustivamente ter seu contexto diminuído pela mídia televisiva do deputado, no entanto os vereadores capitaneados pelo vereador João Morais assinaram, votaram e aprovaram uma MOÇÃO DE DESCONTENTAMENTOmanifestada em favor do Deputado. Abaixo transcrito o teor da moção:

“Nos congratulamos aos demais partidos de esquerda, a CUT e as demais centrais sindicais defensoras da classe trabalhadora, somos contra esse projeto de terceirização, e ao modelo radical de reforma previdenciária por ser nocivo à classe trabalhadora, retirando direitos e aumentando obrigações! Esse projeto, na prática, transforma trabalhadoras e trabalhadores em “escravos modernos!”

O deputado Vitor Mendes e a base de apoio do governo golpista de Temer na Câmara dos Deputados votaram pela aprovação de projetos que, na prática, destrói a CLT- Consolidação das Leis Trabalhistas, impondo imensos prejuízos à classe trabalhadora, e a reforma da previdência que destrói a esperança de um futuro mais humanizado a milhões de brasileiros.

Não satisfeito em votar contra o povo ou tentando se safar da irresponsabilidade de fazê-lo, o deputado usa os meios de comunicação de propriedade de seu clã para acusar seus opositores através de mentiras infundadas e repercutindo falácias contra os sindicalistas que empunham a bandeira de direitos conquistados a peso de décadas de luta, num esforço hercúleo de tentar “justificar” seu apoio a esses projetos nocivos à classe trabalhadora e ao Brasil, o deputado apenas revelou quem realmente é, ou seja, um verdadeiro “sepulcro caiado!”.

Não se faz política com o fígado e não se justifica erros com inverdades ou destilando ódio e veneno gratuitos contra seus eleitores.  O deputado com essa atitude apenas mostrou o quão pequeno é! Mostrou claramente de que lado está. E esse lado não é o do povo, não é o da classe trabalhadora!

Repudiamos veementemente o deputado pelo seu posicionamento contra a classe trabalhadora e por trair os milhares de maranhenses em especial da nossa tão sofrida baixada.

 Votar contra o povo, aprovar medidas que retiram direitos da classe trabalhadora e protegem os donos do capital! Salafrários e bandidos são esses que, ao invés de defender o povo a quem deveriam representar, esquecem suas propostas e promessas de campanha. O deputado Vitor Mendes, defende esse governo golpista que ao longo dos últimos meses vem destruindo importantes conquistas sociais do nosso povo e retirando direitos duramente conquistados!

Chega de agressões gratuitas e mentiras! O povo merece respeito!”

Deixe uma resposta