DEP. PINHEIRENSE VOTA CONTRA OS TRABALHADORES MAIS UMA VEZ!

maxresdefault

O povo da baixada não pode ter a memória curta, pois vai precisar dela quando for votar em 2018 para deputado federal ou estadual. Esta semana a câmara federal votou e aprovou a reforma nas leis trabalhistas que autoriza as empresas públicas ou privadas a contratarem através do processo de terceirização, ou seja: a partir de agora o trabalhador Brasileiro que almeja uma vaga no setor público não vai mais poder fazer um concurso, tendo em vista que essa lei altera a forma de contratação do servidor aumentando o nepotismo no setor público, o acúmulo de cargos e outros problemas que até então não tínhamos. Outra grande mudança é com relação aos encargos trabalhistas que não serão mais uma obrigação da empresa que necessita do trabalho, mas sim da terceirizada.

Esse absurdo como está sendo chamado à lei teve a aprovação e contou com o voto do Dep. Victor Mendes, no entanto sua postura não foi surpresa, pois em seu histórico como parlamentar sempre se posicionou contra o trabalhador, em 2015 o parlamentar e filho do ex-prefeito de Pinheiro Filuca Mendes votou contra os trabalhadores quando aprovou o texto-base da MP 665, que passou a dificultar a obtenção do seguro-desemprego, do abono salarial e do seguro-defeso, o que prejudicou bastante o trabalhador brasileiro.

Essa postura é digna de quem nunca precisou de direitos trabalhistas para nada, o deputado defende essas posições e se opõe ao povo que lhe elegeu, mas como disse no início do texto, é necessária uma boa memória para darmos o troco nas urnas em 2018 contra essas violações dos direitos trabalhistas.

Deixe uma resposta