PREFEITO DE PERIMIRIM ATRASA SALÁRIO E SERVIDORES DA EDUCAÇÃO AMEAÇAM OCUPAREM A PREFEITURA

Denúncias chegaram até o blog revelando a possibilidade de protestos em Perimirim por conta de salários atrasados.

Um professor que vai ter o nome preservado por medo de retaliação enviou uma denúncia via Whatzap, explicando que os funcionários de Peri-Mirim estão com salários atrasados e o prefeito Geraldo Amorim (PMDB), ainda trata mal os profissionais da educação que não votaram nele em 2016. Segundo o professor, desde janeiro muitos professores estão sendo perseguidos (Assédio Moral) pelo atual gestor. (Foto Abaixo da denúncia).

Além desse perimirinense, outro leitor do Portal também enviou uma denúncia com o mesmo teor. Para o denunciante, o Sindicato dos Servidores está sendo usado para fazer politicagem e principalmente para tentar atrapalhar a vida dos novos concursados e nomeados em 2016. Segunda feira pode ser o primeiro protesto de 2017.

Em contato com o presidente do Sindicato, Nilson França Oliveira, o mandatário negou o atraso e disse que a lei manda pagar salários com até 5 dias úteis, mas ele esqueceu que já se passaram 8 dias. Na gestão passada, o Sindicato era muito atuante, agora esfriou. De acordo com as palavras do presidente, só a partir de segunda feira (13), é que o Sindicato vai se pronunciar sobre o caso.

É bom lembrar que o povo merece o governo que tem, já que toda população é sabedora que segundo o Tribunal de Contas do Estado (TCE), Geraldo teve suas 8 contas reprovadas nos seus últimos 2 mandatos. Mesmo assim, o “povo” apostou novamente. Tai o resultado.

Deixe uma resposta