Governo assina convênios para instalação de cinemas no interior do Maranhão e reforma do Odylo Costa Filho

Governador Flávio Dino, ao lado de secretários de Estado, e da deputada federal Eliziane Gama durante assinatura de convênio para instalação de cinemas e reforma do Odylo Costa Filho. Foto: Gilson Teixeira/Secap

O Governo do Maranhão assinou, na tarde desta sexta-feira (16), no Palácio dos Leões, convênio com a Agência Nacional do Cinema (Ancine) e a Caixa Econômica Federal para a instalação de salas de cinema no interior do estado. A parceria faz parte do projeto ‘Cinema na Cidade’ e visa o investimento de R$ 12 milhões. A solenidade marcou, também, a assinatura do convênio da reforma do Centro de Criatividade Odylo Costa Filho.

As iniciativas fazem parte do fortalecimento das políticas públicas de audiovisual para os maranhenses e se somam as conquistas já obtidas ao longo dos dois últimos anos, como a realização de editais de seleção para projetos audiovisuais no estado e a implantação da Escola de Cinema do Maranhão.  “Nós estamos implementando um conjunto de instrumentos, vários editais, a escola para aprimorar, qualificar, propiciar intercâmbio, experiências, formação de novos talentos, por enxergar essa política e da importância que ela tem, além dessa oportunidade de democratização do acesso”, destacou o governador Flávio Dino.

O projeto ‘Cinema na Cidade’ tem como objetivo fortalecer o segmento de exibição cinematográfica e facilitar o acesso da população às obras audiovisuais, por meio de salas de cinema em municípios de porte médio e bairros populares das grandes cidades. No Maranhão, serão investidos R$ 12 milhões. “Nós faremos um edital para parcerias com os municípios, e após essa reunião definiremos três cidades do Estado”, explicou o secretário de Cultura e Turismo, Diego Galdino, que disse que atualmente apenas seis, dos 217 municípios do Maranhão, possuem cinema.

O presidente nacional da Ancine, Manoel Rangel Neto, elogiou as iniciativas do Governo do Estado no âmbito da política audiovisual e enfatizou a importância da democratização do acesso ao cinema no Maranhão, estado que possui um dos piores índices de habitantes por salas de cinema.

“Para nós, esse projeto não tem condições de se realizar sem o apoio dos parceiros. O Governo do Maranhão abraçou e fez o movimento que tinha que fazer para que o convênio pudesse estar aqui. E isso tenho certeza que é fruto da diretriz que o governador dá de que se acelere os processos, e que o Maranhão coloque nos melhores níveis do desempenho dos estados do país de uma forma como um todo”, realçou.

Para o coordenador da escola de cinema e presidente da Associação dos Cineastas, Marcos Ponts, o cinema no Maranhão com o governo Flávio Dino está tendo um olhar especial apesar do momento de crise financeira, política e institucional no país inteiro. “E a construção dessas salas no interior do estado é de fundamental importância para avançar essa política pública do audiovisual, porque são poucas as cidades que tem sala de exibição, então ele está dando acesso a toda população maranhense à arte cinematográfica”, sublinhou.

Governador Flávio Dino, ao lado de secretários de Estado, e da deputada federal Eliziane Gama durante assinatura de convênio para instalação de cinemas e reforma do Odylo Costa Filho. Foto: Gilson Teixeira/Secap

Reforma do Odylo Costa Filho

A assinatura do convênio para a reforma e reparos estruturais no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho é fruto de emenda parlamentar da deputada federal Eliziane Gama e visa recuperar um importante espaço do Centro Histórico de São Luís.  “Cultura é fundamental para transformação das vidas das pessoas. Temos vários problemas e a gente precisa investir na cultura, que também é investir na segurança, na educação e na qualidade de vida das pessoas”, ressaltou a parlamentar.

O governador Flávio Dino enfatizou que o Brasil é signatário de convenções internacionais que consagram o direito cultural como fundamental, por isso a importância desses investimentos. “Queria cumprimentar a deputada Eliziane por essa iniciativa para o Maranhão, sobretudo considerando a importância que o Odylo Costa Filho tem para o Patrimônio da Humanidade, é praticamente a porta de entrada da área tombada pelo Estado, pela União e pela Unesco. Uma das portas de entrada mais visíveis do Centro Histórico de São Luís”, finalizou. 

 

Deixe uma resposta