Representação do governo federal destaca atuação do Governo do Maranhão nas ações de combate ao Aedes

A delegação do governo federal visitou, na manhã desta sexta-feira (2), a Sala Estadual de Mobilização e Controle, responsável pelas ações de monitoramento, articulação e combate ao Aedes aegypti no estado. Na ocasião, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, apresentou o hotsite da campanha “Maranhão contra o Aedes”, com informações preventivas e educativas.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, recebeu a delegação do governo federal, representado pelo secretário- executivo do Ministério do Meio Ambiente, Marcelo Cruz, acompanhado pelo secretário de Recursos Hídricos do Ministério, Jair Tannús, e pela diretora de Ambiente Urbano, Zilda Veloso, para apresentação das ações de combate ao Aedes, assim como o hotsite, que disponibiliza informações para orientar a população, e, também, boletins informativos, notas técnicas e portarias, situação epidemiológica, vídeos, entre outros.

Para intensificar a prevenção, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) disponibilizou hotsite (http://www.maranhaocontraoaedes.ma.gov.br), com informações específicas para fortalecer ações preventivas. “Com a campanha, disponibilizamos o hotsite, mais uma ferramenta, acessível, que visa estimular ainda mais o cuidado diário, e cumpre o papel informativo e educativo. Também alertamos para as consequências dos casos de dengue, chikungunya e Zika. Mais uma vez, convocamos a população para o engajamento sistemático de eliminação dos focos domiciliares do mosquito, assim como os servidores públicos, apoiando os brigadistas que passam a atuar nas repartições públicas estaduais”, pontuou Carlos Lula.

O secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente, Marcelo Cruz, destacou que as ações desenvolvidas no Maranhão superaram suas expectativas. “Com relação ao envolvimento do estado, encontramos uma Sala Estadual de Mobilização estruturada e funcionando como instrumento de gestão no combate ao Aedes”, disse Marcelo Cruz.

A Sala é coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e conta, ainda, com a participação de instituições e das secretarias estaduais, entre elas, Meio Ambiente e Educação, com ações integradas, e participação de Grupos de Trabalho (GTS). Participaram da visita a subsecretária de Estado da Saúde da SES, Karla Trindade, o secretário adjunto da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde, Marcelo Rosa, o superintendente do IBAMA, Pedro Leão, além de profissionais de saúde.

Brigadas

Outra estratégia, de baixo custo e com mobilização dos servidores públicos, é a implantação das brigadas nas instituições públicas estaduais. Os brigadistas têm o propósito de fazer a vistoria em todas as áreas comuns dos prédios públicos. Em casos de situação de risco, eles informarão as equipes Programa Estadual da Dengue da SES. Os brigadistas contarão com o apoio técnico dos profissionais do Programa Dengue da SES.

Repasse de veículos

Ainda como parte das atividades de lançamento da Campanha “Maranhão Contra o Aedes”, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), realizou o repasse de quatro veículos para municípios maranhenses. Os automóveis, adquiridos junto ao Ministério da Saúde, irão contribuir com o desenvolvimento das atividades de combate ao Aedes Aegypti nos municípios de Turiaçu, Alto Alegre, Miranda do Norte e Barra do Corda.

Outros quatro veículos serão utilizados pelas equipes da Superintendência de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES para reforço das ações em todo o estado. O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, ressaltou o empenho do poder público estadual no combate ao mosquito. “Desde o início da gestão, estamos trabalhando permanentemente e intensamente com atividades que reduzam a incidência do Aedes no estado. Certamente, esses veículos irão contribuir para o fortalecimento dessas ações”, destacou.

Entre os critérios avaliados para escolha dos municípios que receberam os veículos, esteve o resultado do índice de infestação por Aedes Aegypti. O prefeito de Turiaçu, Umbelino Ribeiro, enfatizou que os automóveis fortalecerão a participação dos municípios na campanha. “No nosso município, esse mosquito gera muitos problemas na saúde pública. Esse carro é mais uma ferramenta que temos agora em mãos para ajudar a combater esta epidemia que se agrava em determinados momentos do ano”, contou.

Deixe uma resposta